Comunicação Blog

Música Instrumental, Gastronomia e artes à beira-mar, formam o tripé do 13º Tempero no Forte

O festival cultural e gastronômico será realizado durante 11 dias, movimentando a vila de Praia do Forte e entorno

postado em 26 NOV 2018
Música Instrumental, Gastronomia e artes à beira-mar, formam o tripé do 13º Tempero no Forte

Compartilhe:

Durante 11 dias, de 29 de novembro a 9 de dezembro, a Praia do Forte e Litoral Norte, se transformará num polo da gastronomia, da música instrumental e das artes, com a realização da 13a edição do Tempero no Forte – Festival de Cultura e Gastronomia. A primeira atividade do Festival, em parceria com o Senac, traz o tema “Boas Práticas na Manipulação de Alimentos” e visa capacitar cozinheiros e ajudantes de cozinha dos estabelecimentos participantes, de 10h às 12h, na Cozinha Show, dia 29/11, data da abertura do evento. Tradicionalmente o festival é aberto na quinta-feira, com o cortejo de baianas da Praia do Forte desfilando pela vila e emanando boas vibrações. Este ano, o Grupo de Maculêlê do Centro Cultural Berimbau Arte Brasil, junta-se ao Cortejo, com a presença dos chefs convidados, autoridades locais, proprietários dos restaurantes e quem mais quiser acompanhar o alegre grupo.

O evento é realizado pelo Governo Federal, com Patrocínio da Cielo, através do Ministério da Cultura, e do Hiperideal, através da Lei de Incentivo Estadual Fazcultura, Secretaria da Fazenda, Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e Bahiatursa. Conta também com o apoio da Prefeitura de Mata de São João, Sebrae, Senac, Turisforte e CLN/Invepar. A produção é da 2D Projetos Culturais, com curadoria da chef Tereza Paim,

Já consagrado no calendário nacional de eventos gastronômicos e turísticos, este ano participam do festival 25 estabelecimentos, entre restaurantes, pousadas e hotéis do Litoral Norte, incluindo Arembepe, Diogo, Guarajuba e a Praia do Forte. Dez chefs convidados de Salvador e de outros estados e 15 dos restaurantes locais e do entorno desfilarão receitas à base de camarão, o tema deste ano do Tempero no Forte, propondo uma viagem com gosto de sal e sol, para tornar inesquecível a experiência sensorial nesse paraíso à beira-mar.


Cozinha Show

Dentre as atividades que fazem parte do evento está a Cozinha Show, que desde o primeiro ano do festival leva chefs estrelados de todo o Brasil para, gratuitamente, compartilharem suas experiências gastronômicas com moradores e turistas de passagem pela Praia do Forte. Pela estrutura montada em plena vila da Praia do Forte, com decoração do Atelier da Vila, este ano se apresentarão a chef Tereza Paim – que, na quinta-feira, 29, às 19h30, fará noite de autógrafos do seu livro recém-lançado em Salvador e São Paulo, Na Mesa da Baiana - Receitas, Histórias, Temperos e Espírito Tipicamente Baianos –, a doceira gaúcha Laura Estima, o chef do Senac, Sergio Paiva, a chef pernambucana Dani Dahoui, do bistrô Ruella, em São Paulo, o chef Fredy Miranda, do Tivoli Ecoresort, o paulista William Ribeiro, também do Tivoli, o influenciador digital paulista Marcelo Sampaio e a chef premiada Morena Leite, do Capim Santo.

Música Instrumental com Tempero

Sempre com a proposta de difundir e valorizar a música instrumental, o Música com Tempero este ano muda de local e acontece no Coreto da Vila, abraçando ainda mais quem estiver na Praia do Forte nos dias 30 e 1o com os shows gratuitos, abertos ao público. Clássico, jazz, blues, ska, erudito, música caipira, forró, baião e frevo, são alguns dos ritmos que fazem parte do repertório dos grupos que se apresentarão. Trio Imbassaê, formado por músicos da região, e o grupo baiano Skanibais, com seu ritmo dançante, tocam na noite de sexta-feira, a partir das 21h. No sábado, 1º de dezembro, às 20h, quem sobe ao palco é o Sexteto da Orquestra Sinfônica de Mata de São João, seguido da Orquestra Paulistana de Viola Caipira, sob a regência do maestro Rui Torneze, com um repertório que vai da música caipira de raiz, à inusitadas e originais incursões na música erudita, world music, new age e MPB.

Arte e Cultura

Turistas e visitantes que circularem pela Praia do Forte terão opções interessantes no Mercado do Forte, que funcionará na vila nos dias 30 e 1o, das 16h às 22h Com curadoria da artista plástica Maria Luedy, a feira de design e artesanato contemplará diversas opções, com produtos desenvolvidos por artistas e artesãos do Litoral Norte e Salvador, além da exposição e instalação artística assinada pelas artistas visuais Araci Tanan e Maria Luedy e pelo cenógrafo e artista plástico João Teixeira.

 

Já o Cultura com Tempero busca valorizar as manifestações artísticas e culturais da região, abrindo espaço para grupos locais apresentarem os trabalhos que desenvolvem, a exemplo do Grupo Cultural de Praia do Forte, que se apresenta no dia 30, e dos grupos Capoeira Esporão e Capoeira Forte, ambos da Praia do Forte, que promoverão um aulão de capoeira no meio da vila, no sábado, dia 1o de dezembro.

Café com Turismo

Com realização do Sebrae, em parceria com o Festival, o Café com Turismo, pretende abrir a discussão para assuntos voltados para o turismo e gastronomia. O convidado desta vez é o arquiteto paulista, mestre em Sustentabilidade, Rafael Loschiavo Miranda, do Portal Ecoeficientes, que abordará o tema Soluções Ecoeficientes para Restaurantes e Pousadas para uma plateia de hoteleiros e donos de restaurantes, no dia 5 de dezembro, das 9h às 11h, no Hotel Via dos Corais.