Comunicação Blog

Conheça curiosidades sobre Praia do Forte sem sair de casa

Trouxemos fatos super interessantes de Praia do Forte que talvez tenham passado despercebidos por você

postado em 28 ABR 2020
Conheça curiosidades sobre Praia do Forte sem sair de casa

Compartilhe:

Sabe aquela história que só quem é nativo de determinada localidade conhece? Então, já que estamos seguindo o período de isolamento social para que tudo volte a normalidade o mais breve possível, que tal embarcarmos juntos nas curiosidades da encantadora Praia do Forte? Afinal, nem só de praia vive o litoral norte baiano. Descoberta para o turismo a partir de 1984 com a chegada dos turistas alemães, a Praia do Forte tem um entorno que inclui ruínas históricas e reservas naturais. Ficou curioso? Acomode-se no sofá de casa e confira essa leitura com a gente!

NÃO ESTÁ LOCALIZADA EM SALVADOR
Do Aeroporto de Salvador até a Praia do Forte, você precisa passar ainda pelas áreas dos municípios de Lauro de Freitas e Camaçari, na rodovia BA-099 sentido o Estado de Sergipe. A distância da Praia do Forte para Salvador, é de aproximadamente 80 km.

NÃO É UMA CIDADE
Embora, a Vila de Praia do Forte possua uma infraestrutura completa com agências bancárias, supermercados, lojas, restaurantes e outras facilidades, não é uma cidade. Na verdade, Praia do Forte é um dos distritos que fazem parte do município de Mata de São João.

VIDA MARINHA
Entre tanques e aquários, os 600 mil litros de água salgada dos Centros de Visitantes do Projeto TAMAR abriga exemplares da fauna marinha da região e quatro das cinco espécies de tartarugas marinhas que existem no Brasil, em diferentes ciclos de vida. São elas: Tartaruga Cabeçuda, Tartaruga de Pente, Tartaruga de Couro, Tartaruga Verde e Tartaruga Oliva.

ORIGEM
Os primeiros registros de colonizadores na região datam do século XVI, quando o português Garcia d’Ávila recebeu do Governador-Geral um extenso conjunto de terras que se estende do Rio Pojuca ao Rio Real. Ali mesmo, em 1624, foi construído a Casa da Torre - um castelo-fortaleza em estilo medieval que acabou dando nome à Praia “do Forte”. O local que é aberto a visitação é conhecido como Castelo Garcia d’Ávila.

POSSUI 4 PARQUES PARA VISITAÇÃO
Além do Projeto Tamar, reconhecido pela preservação da vida marinha, Praia do Forte ainda abriga outros três centros de visitação, são eles: o Castelo Garcia D'ávila (majestosa ruína da Casa da Torre de Garcia D'Ávila e um dos principais monumentos do patrimônio histórico e cultural brasileiro); o  Parque Klaus Peters - reduto de mais de 180 espécies de aves, uma excelente opção para os observadores de aves profissionais e amadores de todo o país - e o Instituto Baleia Jubarte, dedicado especialmente às grandes baleias Jubartes e ao seu ambiente.

VISITA DAS BALEIAS JUBARTE
De Junho a Outubro,  somos presenteados pela chegada das Baleias Jubartes. Os grupos chegam às nossas praias de águas quentes para se reproduzirem produzindo emocionantes shows com as suas exibições.

NASCIMENTO DAS TARTARUGAS
As Tartarugas Marinhas já  escolheram o nosso destino a mais de 30 anos e continuam nos confiando os cuidados dos seus filhotes quando elas desovam em nossas praias e retornam ao mar. O grande espetáculo fica por conta da hora em que o Projeto Tamar devolve  ao mar os filhotes confiados que ansiosos pelo reencontro maternal emocionam ao entrar na água salgada.

CARROS NÃO CIRCULAM PELA VILA
Calma, você pode chegar de carro sim, mas na avenida principal, aquela que acontece todo o burburinho de turistas circulando entre as lojas, barzinhos e restaurantes, não é permitido a circulação de veículos automotores. Passando por ali apenas pessoas andando, de bicicleta ou bicitaxi. Ao desembarcar e se acomodar só retornamos ao carro para embarque de regresso. Pessoas com mobilidade reduzida, idosos, crianças ou gestantes podem ficar tranquilas. Elas podem usar o serviço de bicitaxi e terreno plano e calçado facilitam a locomoção.

POUSADAS E RESTAURANTES
Dá para viver uma verdadeira experiência gastronômica em Praia do Forte. A enorme variedade de restaurantes vai desde comidas típicas até a culinária internacional. Já quando o assunto é hospedagem, são inúmeras as opções que estão prontas para atender a necessidade de cada turista oferecendo conforto e comodidade.

CENTRO DE CONVENÇÕES
Inaugurado em 2019, o Centro de Convenções de Praia do Forte fica na entrada da região pela Linha Verde. O local que tem capacidade para 600 pessoas no salão principal - intitulado de "Garcia D'Ávila" - também possui dois auditórios menores, "Tartaruga de Pente" e "Baleia Jubarte" que comportam 100 pessoas, cada.

CENTRO DE ARTESANATO
Na estrutura que dispõe de 50 boxes é possível encontrar trabalhos artesanais que retratam a cultura local. Os artesãos comercializam artesanatos em madeira, coco e papel machê; brincos, pulseiras e colares trabalhados com sementes, miçangas e capim dourado; além de bolsas de palha e roupas de moda praia feitas de crochê. Além do artesanato, o Centro também comercializa itens da culinária regional, como produtos puros produzidos pelas abelhas, óleos naturais, frutas típicas e verduras frescas. O ambiente funciona todos os dias, das 9h às 21h, e está localizado na Rua dos Benvindos.

BOLINHO DE PEIXE
O bolinho de peixe do Bar do Souza é atração imperdível na Praia do Forte. Seja à noite, na unidade da avenida principal da antiga vila de pescadores, ou durante o dia, na filial à beira-mar. Vale a pena provar esta maravilha.

TEMOS 5 PRAIAS
Quem ouve falar da Praia do Forte e acha que aqui só tem uma praia está enganado. No nosso litoral são 5 praias divididas em 12 km de extensão. Dá pra surfar, praticar stand up, mergulhar com snorkel, degustar uma iguaria local e relaxar.

Se você deseja observar a vida marinha não tem lugar melhor do que a Praia do Papa Gente, é lá que estão as piscinas naturais. Já a Praia do Lord é a preferida dos surfistas por conta da boa condição das ondas. A Praia do Porto de Cima, praia central de Praia do Forte, fica ainda mais bonita na maré baixa quando é possível perceber uma barreira de corais formando um verdadeiro porto onde os pescadores atracam, carregam e descarregam suas embarcações.

Em mais ou menos 10 minutos de caminhada pela areia, atravessando a Praia do Porto de Cima, se chega ao Tivoli Ecoresort. Em frente a ele, está a Praia do Porto de Baixo, de mar geralmente calmo, ocupa um pequeno trecho sem corais no raso, por isso é boa para banho. Há também a Praia da Casinha que fica em frente ao Complexo Hoteleiro Iberostar.

Agora, que você adquiriu mais conhecimento sobre a Praia do Forte, se planeje e quando tudo isso passar venha conhecer esse paraíso cheio de experiências incríveis.